- Publicidade -

Banco do Brasil reduz taxas de juros pela sétima vez

16

 

Banco do Brasil reduz taxas de juros pela sétima vez
Banco do Brasil reduz taxas de juros pela sétima vez

 

 

- Publicidade -

O #Banco do Brasil lançou mais uma novidade nos últimos dias: reduzirá suas taxas de juros para alguns de seus produtos, e desta fez é a pela sétima vez que a mudança está sendo promovida pela instituição.

O banco acabou sofrendo as influências da crise em 2016, assim como todas as financeiras do país. Com o passar o tempo, as taxas tinham ficado menos atrativas para os clientes que precisavam de dinheiro em um período no qual o país não estava caminhando com os dois pés. Felizmente, a cultura política-econômica do Brasil está passando por mudanças e o banco pôde anunciar novas mudanças para os próximos períodos.

Linhas de financiamento de veículos para pessoas físicas sofreram mudanças bem como algumas que são destinadas a gerar capital de giro para empresas de pequeno, médio e grande porte. Além disso, houve também alteração em produtos de desconto de cheques e linhas de imóvel próprio. Lembrando que o BB disponibiliza taxas de acessibilidade maiores quando os clientes contratam as operações pelo aplicativo de celular do banco. Confira abaixo algumas das mudanças que foram promovidas por esta última atualização.

A realização destas diminuições são todas baseadas nas mudanças que a taxa básica de juros (e a meta dela) promoveram. Com a taxa publicada próxima de 7,5%, os bancos puderam trabalhar em cima de seus produtos a fim de fomentar mais a vida econômica do estado federativo.

Em geral, no Banco do Brasil, as linhas de ‘Crédito Imóvel Próprio’ saíram das taxas que variavam de 1,69% até 2,10% e caíram para uma percentual de 1,44% até 1,90%, ao mês.

Já os financiamentos de veículo pelo banco na linha ‘BB Crédito Veículo’ (novos e seminovos, praticados via aplicativo) deixaram o patamar de 1,19% até 2,33% caindo para valores como 0,99% a 2,23%, taxas muito além das praticadas no mercado.

Quando se fala ainda de financiamento de veículo para aqueles que foram utilizados por até 5 anos, o banco promove a contratação via mobile a partir de 1,29%, podendo chegar até 2,73%, lembrando que as taxas eram de, no mínimo, 1,39% e máximo 2,83%, no passado.

Já para os descontos de cheques, destinados primariamente para pessoas de direito jurídico, a taxa para trinta dias de uso vai de 1,14% a 4,52% para o mínimo de 1,08% a 4,46%, dependendo do perfil do cliente. Já para as linhas jurídicas de antecipação de crédito para os logistas, os valores vão ser cercados entre desconto de títulos ,16% a 2,19% ante 1,22% a 2,25%.

Comentários
Carregando...
notícias jovem Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.